quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Companhia

Van Gogh


Não sei se preciso de amores
Mas preciso de versos
Sempre
E quando eu canso
Eles ainda permanecem.

Quando toda a beleza
E a leveza poética
Dos versos
Me cansam
Eles ainda permanecem

No silêncio empático
Da palavra contida
Da força gritante
De não dizer nada.

Um comentário: