terça-feira, 12 de maio de 2009

Muxoxo

Poço Iniciático
Quinta da Regaeira / Sintra / Portugal
*
... Se sofria, fazia-o calada. Lembro-me de pensar no pouco tempo do qual dispúnhamos a cada vez. E era um paraíso, e era um pesadelo. Deitada em seu colo sobre a relva, deitada ao seu lado sobre a cama. Você colocava um, dois, três dedos dentro de mim, enquanto contraía os seus lábios e mirava fundo em meus olhos... Tocava em meu corpo como ninguém havia feito antes, e como ninguém voltaria a fazer. Nesse poço, chegávamos ao fim. Dessa fonte, nos fartávamos. Esse idioma, eu sabia falar - em competente retórica, em rica poesia. Poesia viva. Talvez por isso agora escreva, para arrancar do fundo da minha alma o significado daquilo que, todavia não sei dizer... Agora seus dedos tocam as teclas e as são os pensamentos que buscam o fundo, a fonte, "A Final". E os seus lábios se contraem num murmúrio inaudível, enquanto seus olhos se ocultam por trás de um abismo de tempo e de dor. Suposta dor. Prazer?

Anete Antunes

#

muxoxo (Br., Ang.)
"muxoxo" (subst.) deriva diretamente do Quimbundo (Ang.). é um ruído seco, um estalido, que se faz com a língua e os lábios. habitualmente, acompanha-se da interjeição ah! serve para exprimir desprazer, contrariedade, desprezo ou desdém. mas, como nessa coisa de afetos se junta o norte e o sul, "muxoxo" vira "carinho" de acordo com a intenção. como diz o refrão, "quem desdenha quer comprar".muxoxo tamém se usa no sentido de "beijo repenicado", sobretudo na forma aferética "xoxo" (Pt.).tamém significa "desabafo", porque a contrariedade e o desprazer às vezes precisam de sair.

Um comentário:

Ludovica Muluc disse...

perene e bela como a relva.